TJ suspende liminar que determina paralisação de implantação das ciclovias

Criada em 30/03/2015


O Tribunal de Justiça suspendeu na sexta-feira, dia 27, a liminar que determina a paralisação da implantação de novas ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Os magistrados acataram o pedido da Prefeitura que informou, entre outras coisas, que a paralisação parcial das implantações reduz a capacidade do Município de interferir no tráfego urbano, causa pesado impacto na comunicação entre as vias e potencializa o risco de acidentes.

No despacho, o juíz alegou que “o fundamento da decisão - falta de prévio estudo de impacto viário não é o bastante, pelo menos, sem prévia oitiva do Município, para se determinar a suspensão das obras” e que “a paralisação parcial reduz a capacidade do Município de interferir no tráfego urbano, causa pesado impacto na comunicação entre as vias e potencializa o risco de acidentes”

No dia 19 de março, uma decisão judicial deferiu parcialmente o pedido de liminar do Ministério Público do Estado de São Paulo na ação civil pública que discute as ciclovias


Veja também

Governo do Estado abre processo seletivo de estágio

SÃO PAULO GANHARÁ NOVO PARQUE ABERTO AO PÚBLICO E RIO ARTIFICIAL

Vitrines da Estação Trianon-Masp recebem representações de quadros da exposição "Histórias afro-atlânticas"

Processos químicos e físicos na formação das bolhas de sabão são tema de oficina no Museu da Energia