TJ suspende liminar que determina paralisação de implantação das ciclovias

Criada em 30/03/2015


O Tribunal de Justiça suspendeu na sexta-feira, dia 27, a liminar que determina a paralisação da implantação de novas ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Os magistrados acataram o pedido da Prefeitura que informou, entre outras coisas, que a paralisação parcial das implantações reduz a capacidade do Município de interferir no tráfego urbano, causa pesado impacto na comunicação entre as vias e potencializa o risco de acidentes.

No despacho, o juíz alegou que “o fundamento da decisão - falta de prévio estudo de impacto viário não é o bastante, pelo menos, sem prévia oitiva do Município, para se determinar a suspensão das obras” e que “a paralisação parcial reduz a capacidade do Município de interferir no tráfego urbano, causa pesado impacto na comunicação entre as vias e potencializa o risco de acidentes”

No dia 19 de março, uma decisão judicial deferiu parcialmente o pedido de liminar do Ministério Público do Estado de São Paulo na ação civil pública que discute as ciclovias


Veja também

Parque do Ibirapuera receberá pela primeira vez "Festival das Lanternas Chinesas" em março

03 celulares são roubados por hora em São Paulo

SP realiza testagem de HIV no pré-Carnaval

Carnaval 2018 do CTN festeja a folia baiana dos anos 90 e 2000