POR QUE O IPVA ESTÁ MAIS BARATO EM 2018?

Criada em 17/01/2018


“A alíquota permanece a mesma, porém a desvalorização média dos veículos registrados no estado deve resultar em desconto para 2018”, afirma André Bona, Educador Financeiro do Blog de Valor.


Com a chegada de 2018 as despesas características do início de ano, como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) já preocupam os brasileiros. Na maior parte do país, as cobranças do IPVA 2018 têm início já no mês de janeiro. A alíquota do imposto, direcionado aos proprietários de veículos automotores, varia de acordo com o modelo do veículo e com o estado de emplacamento. Para os moradores do estado de São Paulo ficará cerca de 3,2% mais barato neste ano. “A alíquota permanece a mesma, porém a desvalorização média dos veículos registrados no estado deve resultar em desconto para 2018”, afirma André Bona, Educador Financeiro do Blog de Valor. Para calcular o IPVA é preciso verificar o valor venal do veículo na tabela divulgada pelo governo do estado de São Paulo no Diário Oficial. Em seguida, o proprietário deve calcular o valor do imposto de acordo com a alíquota definida para a categoria do seu veículo. “Proprietários de veículos automotores movidos a gasolina e biocombustíveis, por exemplo, devem recolher 4% sobre o valor venal, enquanto veículos que utilizam, exclusivamente, álcool, eletricidade ou gás terão alíquota de 3%. Quem possui utilitários, ônibus e motocicletas deve recolher 2% de imposto, enquanto donos de caminhões pagam 1,5% de IPVA sobre o valor venal do veículo”, explica Bona. O imposto poderá ser pago em até 3 parcelas, e haverá desconto de 3% para quem pagar o valor em cota única. A cobrança tem início em 9 de janeiro, para placas de final 1.

Os proprietários de veículos do estado do Rio de Janeiro também terão desconto de 3% para pagamento integral do valor do IPVA até a data de vencimento, que varia de acordo com o final da placa do veículo – assim como em São Paulo. Quem desejar parcelar, poderá dividir em até três vezes, sem desconto. “O primeiro vencimento do IPVA 2018 no Rio de Janeiro será no dia 22 de janeiro, para veículos com final de placa número 0. O estado ainda não divulgou a tabela de valor venal dos veículos para cálculo do imposto, que deverá ser publicada no site da Secretaria da Fazendo do Rio de Janeiro em breve”, alerta Bona. Os contribuintes do Paraná que possuem veículos terão de contribuir com alíquota de 3,5% sobre o valor venal do bem, de acordo com o governo do estado. A exceção fica por conta dos ônibus, caminhões, veículos de aluguel e de carga e veículos que usam gás GNV, que pagarão imposto de 1% sobre o valor venal. O Educador Financeiro explica: “O cálculo do IPVA 2018 para o Paraná é realizado com base no valor de venda do veículo na tabela Fipe. O calendário do IPVA 2018 para o estado prevê o início dos pagamentos para 10 de janeiro. Pagamentos à vista terão desconto de 3%, enquanto os pagamentos realizados em três parcelas serão cobrados integralmente”.

Na Bahia o imposto também deverá ficar mais barato, com redução média de 3,16%, com base nos cálculos da Fundação de Pesquisas Econômicas (Fipe), que considera a desvalorização dos veículos usados. Quem pagar o imposto antecipadamente e em cota única terá um desconto de 10%, enquanto contribuintes que pagarem o IPVA integralmente na data de vencimento terão abatimento de 5%sobre o valor total. A opção de parcelamento também está disponível, porém sem desconto. Em Minas Gerais terá redução média de 2,98%, segundo informações divulgadas pela Secretaria da Fazenda do estado. O desconto para cota única é de 3% e os vencimentos do IPVA têm início em 10 de janeiro para veículos com placas de finais 1 e 2. As alíquotas do IPVA 2018 no estado de Minas Gerais variam de 1% a 4%. “Para incentivar a quitação do imposto em dia, o governo mineiro informou que contribuintes que se mantiverem regulares por 2 anos consecutivos em relação ao pagamento do IPVA terão desconto automático de 3% sobre o valor do imposto a partir de 2019, além do desconto por pagamento em cota única. Nestes casos, o desconto total poderia chegar a 6%”, conclui Bona.

      Sobre André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a melhorar a rentabilidade de seus ativos. Durante anos, foi sócio da Valor Investimentos, uma das maiores empresas de assessoria de investimentos no país.

Atualmente, como um dos Educadores Financeiros mais conhecidos do país, possui mais de 100 mil inscritos em seu canal no YouTube. É criador do método “O Investimento Perfeito”, cuja filosofia e diferencial constam no fato de que as decisões de investimento são tomadas em função de projetos pessoais de cada um.


Veja também

Apesar de concessões do governo, caminhoneiros mantêm paralisação pelo 8º dia

Inverno 2018 mais frio dos últimos 100 anos. Mito ou Verdade?

SEMANA DA MULHER: Professoras lideram o ranking das ocupações femininas

Para os supermercados, expectativa é que consumidores comprem mais produtos de Páscoa neste ano