Fora de casa, Sesc RJ vence o Vôlei Bauru por 3 sets a 1

Criada em 08/02/2018


Jogo foi duro na noite desta quarta-feira, em Marília (SP). Time do técnico Bernardinho segue na busca pela liderança

Em mais um grande desafio na Superliga feminina 2017/18, o Sesc RJ venceu o Vôlei Bauru por três sets a um nesta quarta-feira (07.02), mesmo jogando fora de casa, em Marília (SP). A partida teve parciais de 25x18, 25x27, 25x23  e 25x18. Com a vitória de hoje, a equipe do técnico Bernardinho se aproxima ainda mais da liderança da competição.

 Destaque da partida e vencedora do Troféu VivaVôlei, a ponteira Drussyla não subestima a dificuldade da partida mas avalia que neutralizar a principal jogadora do adversário fez toda a diferença para a vitória do Sesc RJ. “O jogo no início foi bem difícil, a gente deu alguns moles no segundo set, mas como a gente estudou bastante e sabíamos que uns 80% das bolas eram para a Tiffany, conseguimos marcar ela bem no bloqueio e defendemos muito bem. Isso fez a diferença no jogo: termos conseguido contra-atacar melhor do que elas”, disse.

 O Sesc RJ entrou em quadra com Roberta (levantadora), Monique (oposta), Gabi (ponteira), Drussyla (ponteira), Mayhara (central), Juciely (central) e Fabi (líbero). O jogo começou duro e, no primeiro set, a equipe do técnico Bernardinho ficou atrás do Vôlei Bauru no placar até 14x13. O adversário forçou bastante o saque e o Sesc RJ precisou da primeira metade da parcial para fazer o bloqueio funcionar melhor. O time conseguiu sacar bem e foi abrindo vantagem até fechar o set por 25x18, com relativa tranquilidade.

 No segundo, não deu para o Sesc RJ, que chegou perto mas foi superado pelo time de Bauru. A equipe carioca chegou a abrir 11x7 e parecia que ia evoluir bem, mas começou a errar passes, dando espaço para o contra-ataque adversário. Após uma substituição nas ponteiras, o Bauru melhorou na recepção e o Sesc RJ passou a ter dificuldade para virar as bolas. Foram dois set points, mas quem acabou fechando foi o Bauru por 25x27. Neste set, Vitória entrou para sacar no lugar de Mayhara.

 O terceiro set começou parecido com o segundo. O Bauru abriu os primeiros três pontos, mas o Sesc RJ buscou e nenhum dos dois times abriu mais que dois pontos de diferença no placar no restante da parcial. No finalzinho do set, o Sesc RJ abriu 23x20, mas acabou errando dois passes e elas empataram o jogo e as cariocas ganharam no sufoco por 25x23. Neste set, o Sesc RJ seguiu errando bastante na recepção e o time paulista tem aproveitado as oportunidades.  Já no quarto set, o Sesc RJ desde o início conseguiu firmar o jogo e fechou com uma diferença maior em 25x18.

 Atual campeã da Superliga, a equipe do Sesc RJ conquistou o título por 12 vezes, vencendo as últimas cinco temporadas de forma consecutiva. Este ano a equipe do técnico Bernardinho já conquistou o Campeonato Carioca vencendo o Fluminense e a Supercopa, torneio que abriu a temporada nacional, com a vitória sobre o Camponesa/Minas por 3x2.


Veja também

Jogos das quartas de final do Paulistão Itaipava têm datas e horários alterados

Tite convoca Seleção para amistosos, e o zagueiro Geromel está na lista

Semana da Mulher: Cabe refletir sobre a relação do esporte e o sexo que nada tem de frágil

Nome da bola da final do Paulistão será escolhida pelos torcedores