Com direção de Cininha de Paula, peça “Minha mulher se chama Maurício" estreia em São Paulo

Criada em 13/03/2015



Pela primeira vez em São Paulo, a peça teatral "Minha mulher se chama Maurício" traz ao palco os atores Maurício Canguçu e Ilvio Amaral, que conquistaram o público com a comédia de sucesso: "Acredite, um espírito  baixou em mim". Além de Maurício e Ilvio, a produção conta ainda com os atores Guilherme Oliveira e Cynthia Falabella. 

O texto do francês Raffy Shart foi traduzido por Jacqueline Laurence e a direção do espetáculo é de Cininha de Paula. Conhecida por dirigir grandes sucessos televisivos, como “Pé na cova”, “Toma lá, dá cá” e “Sai de baixo”, além de peças como “O mordomo viu” e “A gaiola das loucas”, a diretora e também atriz diz que o público paulistano pode esperar muita diversão. “É uma peça inteligente já montada no mundo inteiro que no momento está nas mãos de Mel Brooks para virar um musical como The Producers. Espero que o público de São Paulo aprecie a montagem”, declara Cininha.

Os atores Maurício Canguçu e Ilvio Amaral comentam a expectativa sobre estrear em São Paulo. “Fizemos uma temporada em Belo Horizonte de seis meses e durante todo esse período a peça foi muito bem aceita. Acreditamos que o público já vai assistir numa expectativa por causa do “Espírito Baixou Em Mim”, o que por um lado é bom, porque tendem a ter uma pré-disposição pra gostar. Contudo, ao mesmo tempo, a cobrança fica maior, pois há sempre a comparação com um mega sucesso de mais de dois milhões de pessoas. Estamos bem ansiosos com São Paulo, que é um público muito exigente, mas é uma produção de alto nível com belos cenários de Marcos Flaskman, figurinos do Alex Dário e uma direção primorosa de Cininha de Paula”, afirmam.  

A comédia conta uma história engraçada e inusitada em que Maurício Coelho (Maurício Canguçu) é membro de uma associação sem fins lucrativos que arrecada donativos aos menos favorecidos e ao chegar à casa de Jorge (Ilvio Amaral) e Marion, se vê em uma situação inesperada. Após mais uma briga do casal, é solicitada a ajuda de Maurício. Ele é convidado a se passar por esposa de Jorge para resolver a questão do imbróglio que envolve marido, mulher e amante. Acontece que o plano traçado pelos dois toma outro rumo, eles perdem o controle da situação, após a chegada do marido da amante de Jorge, o truculento Roger (Guilherme Oliveira) que movido pelo ciúme, vai ao apartamento para resolver a questão, e se depara com Maurício, já se passando por Marion. Roger se apaixona por aquela mulher esquisita e passa a assediá-la.

Temporada: 13 de março a 7 de junho

Local: Teatro Fernando Torres-SP

Endereço: Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé

Horários: sextas às 21h30; sábados às 21h e domingos às 19h.

Informações: (11) 2227-1025

Classificação: 12 anos

Ingressos: Sextas e domingos - R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Sábados: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)


Veja também

The Bon Jovi Acoustic Experience chega a São Paulo

Você gosta de viajar? Como conhecer o mundo ganhando pouco

Várias formas de diversão no Carnaval para crianças em SP

Love Fest consolida Carnaval LGBTQ+ no Centro de São Paulo