Secretaria Municipal de Cultura anuncia programação da Virada Cultural 2018

Criada em 26/04/2018


TABLADOS TEMÁTICOS, EXIBIÇÃO DE FILME AO AR LIVRE, PARQUE DE DIVERSÕES E POLOS DESCENTRALIZADOS MARCAM A 14ª EDIÇÃO DA VIRADA CULTURAL

A edição deste ano convida paulistanos e turistas a se divertirem no Centro de São Paulo e em pontos estratégicos nas quatro regiões da cidade: Itaquerão, Praça do Campo Limpo, Parque da Juventude, Centro Esportivo Tietê e Chácara do Jockey, além dos espaços culturais da SMC, com atividades de todas as linguagens artísticas nos dias 19 e 20 de maio

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, anuncia a programação da 14ª edição da Virada Cultural, um dos principais eventos do calendário cultural da cidade. A Virada tem como objetivo promover convivência em espaço público, convidando a população a aproveitar mais a cidade de São Paulo e seus espaços culturais e de lazer por meio da arte, da música, da dança e das manifestações populares. A edição de 2018 acontece a partir das 18h de sábado, dia 19 de maio até as 18h de domingo, dia 20.

Neste ano, o evento conta com tablados temáticos pelas ruas do Centro da cidade, que contemplam diversos gêneros musicais, que vão do rock ao samba e de cultura popular aos hits dos anos 90. Dentre as novidades deste ano estão o parque de diversões no Vale do Anhangabaú, que terá carrinho bate-bate e roda gigante e, cinema ao ar livre na Rua XV de Novembro.

“Queremos proporcionar experiências novas para o público. Teremos parque de diversão, alguns tablados inéditos e o cinema ao ar livre”, pontua o secretário municipal de Cultura, André Sturm.

TODOS OS GÊNEROS NO CENTRO

O Largo do Arouche recebe as atrações que foram sucesso nos anos 90. Dentre os destaques estão Fat Family, às 11h e Fernanda Abreu, às 15h, de domingo.

O Anhangabaú terá uma homenagem ao programa do Chacrinha. Por lá, passarão nomes que foram lançados por este ícone da televisão brasileira. A dupla Jane e Herondy abre a programação às 18h de sábado. Na madrugada, o público vai poder se divertir com os sucessos de Léo Jaime, às 21h, Gretchen e Valesca Popuzada à meia-noite e Byafra, às 3h.

A Praça da República vai contar com o tablado Queer com a presença das drags Gloria Groove e Aretuza Lovi, entre outras artistas.

O Boulevard São João terá apresentação de cantores que apresentarão sucessos de um disco marcante da sua carreira.  Por lá passarão IRA!,  que tocará “Vivendo e Não Aprendendo” de 1986 e Nação Zumbi que interpreta o segundo disco da banda ,“Afrociberdelia”, de 1996.

A esquina da Rua Consolação com a Rua Xavier de Toledo será o ponto de partida dos cortejos que serão embalados pelo bloco Tarado Ni Você e o grupo É o Tchan e muito mais.

A Biblioteca Mário de Andrade terá uma programação de leituras dramáticas, intervenções, teatro e exibição de filme. Para abrir a programação, às 18h de sábado, a atriz Iara Jamra fará a leitura de “O Caderno Rosa de Lori Lamby” de Hilda Hilst, que será homenageada em várias atividades durante a Virada na BMA.

A Ópera La Traviata abre a programação da Virada Cultural no Theatro Municipal de São Paulo, no sábado às 18h.

Instituições que formam o corredor cultural da Avenida Paulista: Japan House, SESC Paulista, Itaú Cultural, Centro Cultural SESI, Instituto Moreira Salles, Museu de Arte de São Paulo – MASP, Instituto Cervantes integram a programação com suas atividades.

No Centro Cultural São Paulo, o Grupo Galpão apresenta o sarau literomusical “De tempo somos”, dirigido por Lydia Del Picchia e Simone Ordones e criado para marcar a celebração dos 35 anos de existência da companhia. O trabalho reúne textos sobre a passagem do tempo e o processo de criação artística, além de 25 canções do repertório musical do grupo. As apresentações acontecem no dia 19, às 21h e no dia 20, às 20h.

VIRADA DESCENTRALIZADA

Outra novidade desta edição é a presença de novos espaços públicos que receberão shows e atividades artísticas de várias linguagens e serão polos descentralizados. Estreiam nesta edição da Virada, a Itaquerão com programação voltada ao samba e pagode e o Parque da Juventude, com uma programação bem eclética para toda a família.

A Chácara do Jockey , que foi um sucesso de público na edição passada, receberá uma programação jovem com Nação Zumbi no palco principal, Titica no coreto e Pilantragi e Venga Venga! na área do pic nic, entre muitos outros nomes.

Durante a Virada, o rapper Emicida, DJ Hum e o sambista Diogo Nogueira vão passar pela Praça do Campo Limpo.

O Centro Esportivo Tietê entra na Virada com o Palco Gospel.

As Casas de Cultura e Bibliotecas de várias regiões da cidade vão participar da Virada com apresentações de diversas linguagens artísticas.

A programação completa está disponível no site: www.viradacultural.prefeitura.sp.gov.br e www.cultura.prefeitura.sp.gov.br


Veja também

Governo do Estado abre processo seletivo de estágio

SÃO PAULO GANHARÁ NOVO PARQUE ABERTO AO PÚBLICO E RIO ARTIFICIAL

Vitrines da Estação Trianon-Masp recebem representações de quadros da exposição "Histórias afro-atlânticas"

Processos químicos e físicos na formação das bolhas de sabão são tema de oficina no Museu da Energia