SP lança plano de energia

Criada em 19/07/2013


AE

O governo de São Paulo apresentou na manhã de quinta (18) o Plano Paulista de Energia, o qual prevê, entre outros pontos, o aumento da geração de energia a partir de fontes renováveis. De acordo com o secretário de Energia de São Paulo, José Aníbal, a geração a partir de fontes renováveis deve alcançar 69% do total do Estado em 2020. No final do mês passado, o Broadcast havia noticiado que essa era uma das metas do plano. Em 2010, as fontes renováveis respondiam por aproximadamente 55% da matriz energética de São Paulo.

"Vamos cumprir a lei estadual que definiu que em 2020 teremos uma emissão de carbono inferior àquela que tínhamos em 2005", disse Aníbal.

A lei citada pelo secretário determina que a emissão de gases de efeito estufa ao final da década em São Paulo seja 20% inferior aos volumes de 2005

Aníbal deixou claro que uma das prioridades do governo paulista é estimular a geração de energia a partir de projetos sucroenergéticos. "É um setor que merece ter uma política mais previsível e constante por parte do governo federal. Diria que como tem sido feito pelo governo estadual", alfinetou o secretário, para em seguida lembrar os incentivos fiscais concedidos pelo governo paulista ao setor sucroalcooleiro. "É algo que não depende apenas de São Paulo, mas no que depende do Estado, temos feito", complementou. 


Veja também

5 atividades para aproveitar o Dia das Crianças em São Paulo

Governo do Estado abre processo seletivo de estágio

SÃO PAULO GANHARÁ NOVO PARQUE ABERTO AO PÚBLICO E RIO ARTIFICIAL

Vitrines da Estação Trianon-Masp recebem representações de quadros da exposição "Histórias afro-atlânticas"