Linha 13-Jade recebe 55 mil usuários no primeiro fim de semana de Operação Assistida

Criada em 02/04/2018


Com 12,2 km de extensão, nova linha da CPTM tem três estações: Aeroporto-Guarulhos, Guarulhos-Cecap e Engenheiro Goulart

Cerca de 55 mil usuários utilizaram a Linha 13- Jade (Engenheiro Goulart-Aeroporto-Guarulhos) nos dias 31 de março e 1º de abril, primeiro final de semana de Operação Assistida. A maioria levou a família para conhecer o novo trajeto. Os principais atrativos ficam na parte em elevado da linha, onde os passageiros podem observar diferentes cenários da cidade como Parque Ecológico Tietê e o Campus Universitário USP-Leste. Já a Estação Aeroporto-Guarulhos, a maior da CPTM, é a paisagem preferida para tirar selfies e fotos em família devido à sua iluminação natural e a constante passagem dos aviões do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Neste primeiro mês, a Linha 13-Jade funcionará aos sábados e domingos, das 10h às 15h. O percurso é feito em cerca de 15 minutos e o usuário que desejar prosseguir na CPTM deverá fazer baldeação na Estação Engenheiro Goulart para a Linha 12-Safira, pagando a tarifa. No segundo mês, a operação ocorrerá no mesmo horário, porém será ampliada para todos os dias na semana. Nessas duas primeiras etapas de Operação Assistida não será cobrada tarifa dos usuários.

A partir do terceiro mês, a operação passará a ser realizada das 4h à meia-noite no Serviço Regular. Também começará a funcionar um novo serviço, o Connect, com trens que sairão da Estação Brás até a Estação Aeroporto-Guarulhos somente nos horários de pico (das 5h às 9h e das 16h às 20h), sem a necessidade de baldeação na Estação Engenheiro Goulart. O percurso terá duração de cerca de 35 minutos, com o trem parando em todas estações para embarque e desembarque, e o valor da tarifa será o mesmo do trem metropolitano, que hoje custa R$ 4.

Depois do quarto mês, a previsão é que entre em operação o serviço CPTM Airport-Express, que levará os usuários direto, sem parada para embarque e desembarque, da Estação Aeroporto-Guarulhos até a Estação da Luz, onde há transferência para as linhas 7-Rubi e 11-Coral da CPTM e para as linhas 1-Azul e 4-Amarela do Metrô, além de outras facilidades de transportes como ônibus e táxi. O percurso será realizado em cerca de 35 minutos e os trens partirão em 4 horários programados nos dois sentidos. O valor da tarifa ainda será definido.

Implantação da Linha 13-Jade

Cerca de 2.500 trabalhadores atuaram na obra em campo para implantar 12,2 quilômetros de via e três estações: Aeroporto-Guarulhos, Guarulhos-Cecap e Engenheiro Goulart, que é o ponto de integração com a Linha 12-Safira e foi totalmente reconstruída. Essa estação já está em operação desde agosto do ano passado. Com investimento de R$ 2,3 bilhões, a previsão é que sejam atendidos cerca de 120 mil usuários por dia útil, entre eles turistas e moradores da segunda cidade mais populosa do Estado de São Paulo.

As estações têm arquitetura arrojada, com estruturas leves e envidraçadas, que permitem a iluminação natural, além de contarem com amplos mezaninos. Também são dotadas com sistema de aquecimento de água por energia solar, reservatório de armazenamento de água de reuso, via captação de águas pluviais, que após tratamento, podem ser usadas na limpeza e nos banheiros.  As plataformas são cobertas e os edifícios estão equipados com todos os itens de acessibilidade, como elevadores, corrimãos e rampas adequadas, comunicação em Braille, piso e rotas táteis, além de banheiros públicos comuns e exclusivos para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.


Veja também

"Jazz no Memorial" une música, gastronomia, vinhos e solidariedade

AES Eletropaulo prestou serviço abaixo da qualidade para 78% dos consumidores em 2017

A melhor banda cover dos Rolling Stones aterrissa no Shopping Metrô Boulevard

Metrô abre 62 vagas para Aprendiz SENAI