Haddad promete ônibus 24 horas

Criada em 19/07/2013


AE

Um decreto publicado na quinta (18) no Diário Oficial da Cidade de São Paulo estabelece 100 metas para diversas áreas da administração municipal, entre as quais saúde, educação, meio ambiente e transportes.

Esses objetivos deverão ser total ou parcialmente cumpridos pela gestão de Fernando Haddad (PT) ao longo do próximo ano

No setor de transportes, o governo do petista garante que, em 2014, terá início o projeto piloto para a criação de linhas de ônibus que permitam o funcionamento 24 horas do transporte público na capital.

Uma das ideias é criar percursos que façam o mesmo trajeto das linhas de metrô, que fecham entre a meia-noite e às 4h40

O presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, afirmou no início de julho que já está em tratativas com a Prefeitura neste sentido. O Metrô é gerido pelo governo do Estado, do tucano Geraldo Alckmin.

A promessa de 340 km de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas ainda no ano que vem é uma das mais aguardadas por cicloativistas da capital. Ao todo, a gestão havia prometido fazer 400 km desse dispositivo ao longo de todo o mandato de Haddad.

O decreto estabelece ainda a criação de mais 44,2 km de faixas exclusivas de ônibus à direita, como as que já existem nas Marginais do Tietê e do Pinheiros e na Avenida Paulista. Neste ano, a Prefeitura já instalou 83 km desse tipo de dispositivo, que permite a melhoria da velocidade média dos coletivos em vias congestionadas. 


Veja também

5 atividades para aproveitar o Dia das Crianças em São Paulo

Governo do Estado abre processo seletivo de estágio

SÃO PAULO GANHARÁ NOVO PARQUE ABERTO AO PÚBLICO E RIO ARTIFICIAL

Vitrines da Estação Trianon-Masp recebem representações de quadros da exposição "Histórias afro-atlânticas"