Kombi se despede do mercado nacional

Criada em 16/08/2013


NA

Em linha no Brasil desde 2 de setembro de 1957, a Kombi finalmente deixará de ser vendida no mercado nacional. E para marcar a despedida do modelo, a Volkswagen lançou para a velha-senhora uma nova série especial, a Last Edition, com produção limitada a 600 exemplares, que será oferecida nas concessionárias da marca a partir deste mês, com preço sugerido de nada mais, nada menos que R$ 85 mil, ou seja, os apreciadores da Volkswagen Kombi pagarão 35 mil reais a mais para guardar na garagem o exemplar exclusivo.

A nova Kombi Last Edition se diferencia dos modelos convencionais pela pintura tipo “saia e blusa” em azul, com teto, colunas e para-choques pintados na cor branca.

As rodas e calotas seguem o mesmo estilo

Há ainda pneus com faixa branca, lembrando modelos mais antigos. Os vidros são escurecidos e o vigia traseiro conta com desembaçador elétrico. Além disso, destacam nas laterais os adesivos que identificam o modelo “56 anos – Kombi Last Edition”, em alusão aos 56 anos de produção do modelo, que de acordo com a Volkswagen registrou recorde mundial de longevidade.

O motor, no entanto, não mudou

Segue o mesmo 1.4 litro flex, de 78 cv quando abastecido com gasolina e de 80 cv com etanol, sempre a 4.800 rpm, e torque máximo é de 12,5 kgfm com gasolina e de 12,7 kgfm com etanol, a 3.500 rpm, associado ao câmbio manual de quatro marchas. (NA)


Veja também

As cinco melhores dicas para evitar que o seu carro seja roubado

Cade investiga cartel no mercado de dispositivos de segurança para automóveis

Volkswagen up! tem menor índice de reparabilidade do País

Montadoras chinesas planejam fábricas no País